Seu navegador não suporta JavaScript!

janeiro

12

Saiba mais sobre a relação entre agências de propaganda, anunciantes e veículos

Postado por Arkétipo Agrocomunicação em Mercado Publicitário
Assista ao vídeo didático produzido pelo CENP (Conselho Executivo das Normas Padrão) sobre o funcionamento do mercado publicitário, com informações sobre o modelo de negócios baseado nas normas vigentes.
Imagem do Post

A história da propaganda brasileira é marcada por momentos importantes que a colocam entre as mais diferenciadas e criativas do mundo não só porque se destaca na divulgação de produtos, serviços e marcas mas também porque educa e ensina, sendo fonte de entretenimento, cultura e informação para a sociedade.

Esta narrativa que definiu como referência de inovação e criatividade e criou um padrão de qualidade reconhecido mundialmente é notório também por possuir um modelo de negócios que se consolidou como um dos mais sustentáveis do planeta, estimulando um círculo virtuoso que se retroalimenta a cada novo ciclo de negócios entre Agências, Anunciantes e Veículos.

Este é o argumento inicial do vídeo institucional que o CENP está veiculando em seu portal e que já foi distribuí- do para agências certificadas, os veículos e entidades aderentes, fundadoras, governamentais e associadas, à faculdades e interessados em compreender o mercado publicitário brasileiro.

“O mercado precisa compreender o que é o CENP, como ele vem atuando na prestação de serviços cada vez mais técnicos e mais dedicados aos pilares que regem nossa atividade”, afirma Paulo Zoéga, da Zoégas, agência responsável pela criação da peça produzida pela Easy Filmes.

Nos sete minutos do vídeo até quem não sabe nada sobre o mercado publicitário consegue entender como funciona a relação entre seus três principais agentes, a agência, o veículo e as empresas que anunciam, qual a relação comercial existente entre eles, quais os percentuais envolvidos, quais condutas são determinadas por lei e quais são de foro exclusivo e privativo dos envolvidos.

Para Oscar Mattos, gestor de Rela- ções Institucionais do CENP, a peça construída em stop motion é leve e alcança qualquer tipo de pessoa em qualquer mercado, facilitando o entendimento e a importância da autorregulação para democracia e a manutenção da qualidade dos serviços prestados. “Este vídeo faz parte de um conjunto de ações que visam disseminar a busca do CENP pela qualificação técnica dos prestadores de serviços e da ética entre as relações comerciais”, aponta. Entre as informações apresentadas em stop motion, com recursos gráficos coloridos e lúdicos, está o funcionamento de uma agência de propaganda e de onde vem suas receitas: quando um anunciante contrata uma agência ele paga pelos seus serviços de cria- ção, planejamento, atividades promocionais, estrutura e atividades intrínsecas, paga também honorários pela contratação de terceiros e estes valores são referenciados pelas Normas-Padrão. Quando a campanha é colocada no ar o veículo também participa da remuneração da agência pois conforme a lei federal 4.680/65, reafirmada pela 12.232/10, uma parte do que será pago ao veículo será destinado como parte de remuneração da agência, sendo este valor, recomendado pelo CENP, afixado em um mínimo de 20% para agências certificadas e que estejam em compliance com as Normas-Padrão.

É com esta transparência que o CENP vem há 17 anos contribuindo com a promoção da ética comercial e a transparência entre as relações entre Agências, Anunciantes e Veículos. E, consequentemente, entre todos seus stakeholders.

Fonte: www.cenp.com.br

 

---------------------------------------------------

Saiba mais sobre Marketing no Agronegócio:

Curta a nossa Fanpage: https://www.facebook.com/ArketipoPropaganda/
Nos encontre no Instagram: arketipoagro

Publicações referentes:

http://www.cenp.com.br/cenp-em-revista/view_revista.php?revista=48

Tags:

cenp, publicidade, mercado publicitário, propaganda, propaganda e publicidade, normas padrão